Calebe (Bíblia)


 Calebe ou Caleb,[1] filho de Jefoné (tem origem hebraica e significa “cão” ou "cachorro". Nesse sentido, carrega consigo a simbologia desse animal, especialmente no que respeita ao atributo de lealdade) Assim, possivelmente quem recebe o nome Calebe demonstrará respeito, honra e honestidade com as pessoas que lhe são próximas), foi um dos doze espias enviados à terra de Canaã[2]. Dos doze, apenas ele e Josué voltaram com boas notícias acerca do país que iam habitar; esse seu otimismo desagradou tanto ao povo israelita que por pouco Calebe não foi apedrejado, porque a glória do Senhor apareceu na tenda da congregação. (Números 14:9–10)[3]


Segundo o relato bíblico Deus castigou a rebeldia do povo e determinou que, dos israelitas de vinte anos para cima, somente Calebe e Josué teriam permissão de entrar na terra prometida. Além disso, de acordo com a tradição da Bíblia, Calebe recebeu de Moisés um pedaço de terra no novo território do povo de Israel, por ter acreditado na promessa de Deus a seu povo. Calebe cobrou esta promessa de Josué após as Guerras, e recebeu o Monte Hebrom como herança para suas filhas. Sua filha Acsa se casou com Otniel que se tornou líder de Israel após Josué.

Foi um dos homens de grande fé do Antigo Testamento (Torá), pois acreditou na promessa de Deus para sua vida. Aos 85 anos se dispôs a ir para a guerra, dizendo que tinha a mesma força de um homem de 40 anos.

Calebe era filho de Jefoné, que não era israelita, e sim do povo Quenezeu (Números 32:12Gênesis 15:19)[3]. Porém, por ter mãe hebreia da tribo de Judá, era autêntico israelita que foi escolhido para representar sua tribo na espionagem da terra prometida herdando a promessa da conquista da terra que espionou.

Nome do filho de Joabe e Isabel.

Referências

  1.  Gonçalves, Rebelo (1947). Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa. Coimbra: Atlântida - Livraria Editora. p. 104
  2.  «12 Espias de Moisés enviados a Canaã: Terra Prometida.»www.estudosbiblicosonline.com.br. Consultado em 7 de dezembro de 2017
  3.  
    Ir para:
    a b BÍBLIA. A. T. Português. Bíblia sagrada: contendo o antigo e o novo testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Rio de Janeiro: Sociedade Bíblica do Brasil, CPAD 1987.










Calebe. Filho de Jefoné (Nm 13.6). Um dos 12 espias, representantes de cada tribo, que foram enviados à terra de Canaã para examiná-la, fato que se deu no segundo ano após o êxodo dos filhos de Israel. Calebe representava a tribo de Judá. Ele e Josué foram os únicos espias que retornaram com boas notícias da terra em que habitariam. O otimismo desses dois homens desagradou tanto ao povo israelita, temeroso de proceder à conquista de Canaã, que, por pouco, não foram apedrejados. Deus castigou a rebeldia do povo, determinando que, dentre os israelitas de 20 anos de idade para cima, apenas Josué e Calebe teriam a permissão de entrar na terra prometida. Quando Calebe já estava com 85 anos de idade, reivindicou a posse da terra dos anaquins, Quiriate-Arba, ou Hebrom, e seus arredores na região montanhosa (Js 14). Ele e seus parentes expulsaram de Hebrom os três filhos de Enaque, o gigante, e, em recompensa a Otniel, seu irmão mais novo, por ter conquistado Quiriate-Sefer (i.e., Debir), deu-lhe sua filha Acsa em casamento (Js 15.14-19; Jz 1.11-15). Crê-se que Calebe era cananeu de nascimento e que a tribo dos quenezeus, à qual pertencia, tenha sido incorporada tribo de Judá (Js 14.6,14).



Dicionário bíblico universal / A. R. Buckland & Lukyn Williams; tradução Joaquim dos Santos Figueiredo. — 4. ed. rev. e atual. — São Paulo: Editora Vida, 2007.  

Postar um comentário

0 Comentários

Postagem em destaque