Hierarquia dos Anjos

 






A Hierarquia dos Anjos, também conhecida como os Nove Anjos, é uma estrutura encontrada em diversas tradições religiosas, principalmente no Cristianismo e no Judaísmo. Esta organização classifica os anjos em diferentes níveis de acordo com a sua proximidade com Deus e as suas responsabilidades no universo.




As Três Hierarquias e Seus Nove Tempos:

Hierarquia Angélica é dividida em três triângulos, cada um dos quais possui três classes diferentes:

A Primeira Hierarquia:

Serafins: seres de pura luz, que estão mais próximos de Deus, glorificam-no constantemente e celebram a sua santidade.
 
Querubins: Poderosos guardiões do trono de Deus que protegem a santidade divina e garantem sua justiça.

 
Tronos: criaturas majestosas que são a base do trono de Deus e representam a justiça e o poder divino.
 
Segunda Hierarquia:

Domínios: Anjos responsáveis ​​por governar principados e nações, mantendo a ordem no universo e guiando os líderes mundiais.
 
Poderes: Anjos que lutam contra o mal espiritual e defendem a fé e protegem a humanidade contra as forças do mal.

 
Virtudes: Anjos que canalizam o poder divino e inspiram virtudes como coragem, paciência e temperança nas pessoas.
 
Terceira Hierarquia:

Principados: Anjos que guardam os principados e nações da Terra, guiam seus governantes e garantem a harmonia social.
 
Arcanjos: Mensageiros de Deus que entregam mensagens importantes à humanidade e são fundamentais em eventos históricos.
 
 
Anjos: os anjos mais próximos da humanidade, responsáveis ​​por guiar, proteger e ajudar as pessoas em suas vidas pessoais.

Funções e Atributos:

Cada grupo de anjos tem funções e deveres específicos na hierarquia celestial.

Serafins e querubins: Cercam o trono de Deus em constante adoração e louvor, garantindo a santidade divina.

Tronos: Servem como base do trono de Deus, representando a justiça e o poder divino e garantindo a ordem no universo.

Domínios: Governam principados e nações, direcionando seus líderes e garantindo a harmonia social.

Habilidades: Eles combatem o mal espiritual e defendem a fé e protegem a humanidade contra as forças do mal.

Virtudes: Infundir nas pessoas o poder divino e inspirar virtudes.

Princípios: Controlar os principados e nações da Terra, guiar seus governantes e garantir a harmonia social.

Arcanjos: Mensageiros de Deus que entregam mensagens importantes à humanidade e desempenham um papel decisivo nos acontecimentos históricos.

Anjos: Guiam, protegem e ajudam as pessoas em sua vida pessoal.

Significado e Significado:

O propósito da hierarquia dos anjos é demonstrar a ordem, magnificência e complexidade da criação divina. Também enfatiza os papéis e responsabilidades dos anjos no plano divino.

Vale ressaltar que a hierarquia dos anjos é um conceito teológico e religioso e não há base científica que o comprove.

Se você quiser se aprofundar, veja:

Livro: "Anjos e Demônios: O Guia Definitivo para a Realidade Celestial" de Doreen Virtue

Site: "https://sv.wikipedia.org/wiki /Anjo "

Artigo: "https://catequizar.com.br/hierarquia-dos-anjos/".


Postar um comentário

0 Comentários

Postagem em destaque

You're my sunshine u make me happy [Reggae]