Delegacia Virtual atinge mais de um milhão de ocorrências

 


Delegacia Virtual atinge mais de um milhão de ocorrências


 

Delegacia Virtual atinge mais de um milhão de ocorrências
Principais comunicações registradas pelo cidadão são perda ou extravio de documento ou objeto; furto e estelionato
 


 

Com o objetivo de facilitar o acesso do cidadão ao serviço de registro de ocorrência policial, o sistema Sinesp Delegacia Virtual foi implementado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e contabiliza, até o momento, 1.222.730 comunicações dos estados que já aderiram à ferramenta: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe e Tocantins. O estado de Rondônia está em fase de implantação.

Sem sair de casa, o cidadão pode acessar a Delegacia Virtual, selecionar o estado onde o fato ocorreu e preencher as informações necessárias. “O sistema possibilita que o cidadão comunique ocorrências relacionadas a perda ou extravio de documento ou objeto, furto, roubo, estelionato, acidente de trânsito sem vítima, ameaça, injúria, calúnia, difamação, vias de fato, perturbação de sossego, desaparecimento de pessoa, localização de pessoa desaparecida, maus-tratos contra animais, violação de domicílio, crime cibernético, fuga do local de acidente de trânsito, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, entre outras situações, a exemplo de casos com violência doméstica contra a mulher”, destacou o diretor de Gestão e Integração de Informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública/MJSP, Felipe Sampaio. 

Os boletins registrados são encaminhados para as Polícias Civis dos estados para apuração dos fatos. Para efetuar o registro de ocorrência é necessário ter 18 anos ou mais e possuir conta ativa no Gov.br. O cadastro é online e gratuito. 

Mais de cinco milhões de Boletins de Ocorrência

Outro sistema do MJSP disponibilizado gratuitamente para os estados é o Sinesp PPE - Procedimentos Policiais Eletrônicos. Ele foi desenvolvido com o objetivo de estabelecer um padrão nacional para os registros de ocorrências e procedimentos policiais, sendo fornecido gratuitamente às Unidades da Federação. 

Além do armazenamento das informações, a ferramenta utilizada por profissionais de segurança pública visa a implantação de procedimento exclusivamente eletrônico em todas as suas fases, com a substituição da utilização de papel, em sintonia com a economicidade e com as normas ambientais.

“Até o momento, 2.211 unidades policiais situadas em 11 estados utilizam o Sinesp PPE, contabilizando até a presente data mais de cinco milhões (5.303.863) Boletins de Ocorrência desde 2014, quando a ferramenta foi implantada. São mais de 21 mil usuários das Polícias Civis, Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares nesse sistema que é utilizado no Acre, Amapá, Alagoas, Amazonas, Bahia, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins. Os estados que aderem a essa ferramenta realizam o registro das ocorrências policiais de forma integrada, possibilitando aos profissionais de segurança pública o acesso a diversas bases de dados”, completou o diretor Felipe Sampaio. 

Adesão aos sistemas

A adesão ao Sinesp Delegacia Virtual e ao Sinesp PPE é realizada por meio de Termo de Cooperação Técnica com o Ministério da Justiça e Segurança Pública. As forças de segurança pública interessadas podem entrar em contato com a equipe da Diretoria de Gestão e Integração de Informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública/MJSP pelo número (61) 2025-3333 ou pelo e-mail dgi@mj.gov.br.








Ajude-nos:


R$ 2,00




R$ 1,00



R$ 10,00








Postar um comentário

0 Comentários