Avaliação Final - SEDRB - SUSP E O ENFRENTAMENTO DA DESIGUALDADE RACIAL NO BRASIL - EaD - MÓDULO 1

 





Iniciado emsexta, 5 jan 2024, 01:22
EstadoFinalizada
Concluída emsexta, 5 jan 2024, 01:26
Tempo empregado4 minutos 17 segundos
Avaliar100,00 de um máximo de 100,00

Questão 1

Correto
Atingiu 20,00 de 20,00
Marcar questão

Texto da questão

Durante a primeira metade do século XIX, qual era um dos principais papéis da Guarda Real de Polícia em relação à escravidão?


a.

Auxiliar os escravos em sua luta por emancipação.


b.

Proteger os quilombos onde os escravos se refugiavam.


c.

Garantir a liberdade de movimento dos escravos nas grandes cidades.


d.

Fornecer proteção exclusiva à população branca contra possíveis de escravos contra revoltas.


e.

Capturar escravos fugitivos e destruir seus quilombos.

Feedback

Questão 2

Correto
Atingiu 20,00 de 20,00
Marcar questão

Texto da questão

Um dos pressupostos defendidos pelo racismo científico no século XIX e início do século XX era a teoria do determinismo biológico. Aponte como essa teoria influenciou a formulação do estereótipo do criminoso no Brasil daquele período.
Escolha uma opção:
a.
A teoria do determinismo biológico enfatizou que a criminalidade estava ligada à origem genética dos criminosos brancos.
b.
A teoria do determinismo biológico não teve nenhuma influência na formulação do estereótipo do criminoso brasileiro.
c.
A teoria do determinismo biológico associou o comportamento criminoso a características específicas dos povos indígenas e da população branca.
d.
A teoria do determinismo biológico enfatizou a importância da educação na prevenção do crime entre os negros.
e.
A teoria do determinismo biológico estabeleceu que as características físicas dos negros eram indicativas de sua predisposição ao crime.

Feedback

Questão 3

Correto
Atingiu 20,00 de 20,00
Marcar questão

Texto da questão

Aponte qual foi uma das principais razões para a substituição do trabalho escravo indígena pelo africano nas Américas durante a colonização.
Escolha uma opção:
a.
Os africanos tinham maior imunidade a doenças locais.
b.
O tráfico transatlântico já era um comércio rentável para os portugueses e a colonização ampliou essa rentabilidade.
c.
Os colonizadores consideravam os africanos mais habilidosos.
d.
Os africanos eram mais resistentes ao trabalho forçado.
e.
Os indígenas resistiam de forma mais eficaz à escravidão.

Feedback

Questão 4

Correto
Atingiu 20,00 de 20,00
Marcar questão

Texto da questão

Quais das opções abaixo melhor descreve a relação entre o racismo e o conceito de meritocracia?
Escolha uma opção:
a.
A meritocracia é uma visão justa e equitativa da sociedade, independentemente da cor da pele.
b.
A meritocracia é uma solução eficaz para combater o racismo estrutural.
c.
A meritocracia é uma crença incorreta de que o esforço pessoal é suficiente para alcançar o sucesso, ignorando a desigualdade racial.
d.
A meritocracia é uma solução abrangente para resolver todos os problemas sociais relacionados à raça.
e.
A meritocracia é um sistema em que todos têm oportunidades iguais, independentemente de suas origens raciais.

Feedback

Questão 5

Correto
Atingiu 20,00 de 20,00
Marcar questão

Texto da questão

Em 2012, em meio à discussão sobre a implementação de cotas raciais nas universidades públicas no Brasil no Superior Tribunal Federal, o tráfico ilegal de escravos foi um argumento histórico acionado. Indique qual alternativa melhor explica o uso deste argumento de apoio.
Escolha uma opção:
a.
O tráfico ilegal foi um exemplo de como as minorias raciais não deveriam ser incluídas nas políticas educacionais.
b.
O tráfico ilegal foi uma ação criminal que contou com a anuência do Estado Nacional brasileiro, que se tronou corresponsável pela entrada ilegal de mais de 800 mil africanos escravizados no Brasil.
c.
O tráfico ilegal foi duramente combatido pelas autoridades do Estado Nacional brasileiro.
d.
O tráfico ilegal foi uma ocorrência isolada que não teve impacto na discussão sobre cotas raciais.
e.
O tráfico ilegal foi uma ação criminal que contou com a anuência do Estado Nacional brasileiro, e foi responsável pela entrada de todos os africanos escravizados na história do Brasil.

Feedback




Ajude-nos:


R$ 2,00




R$ 1,00



R$ 10,00








Postar um comentário

0 Comentários

Postagem em destaque