Conheça a IDADE da TERRA e as ERAS GEOLOGICAS de forma resumida (Geologia)



As unidades cronoestratigráficas são intervalos de tempo geológico definidos com base na idade das rochas. Elas são hierárquicas, ou seja, cada unidade é subdividida em unidades menores. As cinco unidades cronoestratigráficas principais, em ordem decrescente de tamanho, são:

  • Eonótemo: a maior unidade cronoestratigráfica, que abrange milhões ou bilhões de anos. Por exemplo, o Eonótemo Fanerozoico abrange os últimos 541 milhões de anos.

  • Eratemato: uma subdivisão do eonótemo, que abrange centenas de milhões de anos. Por exemplo, o Eratemato Paleozóico é uma subdivisão do Eonótemo Fanerozoico e abrange cerca de 359 milhões de anos.

  • Sistema:uma subdivisão do eratemato, que abrange dezenas de milhões de anos. Por exemplo, o Sistema Ordoviciano é uma subdivisão do Eratemato Paleozóico e abrange cerca de 44,3 milhões de anos.

  • Série:uma subdivisão do sistema, que abrange milhões de anos. Por exemplo, a Série Ordoviciano Superior é uma subdivisão do Sistema Ordoviciano e abrange cerca de 18,7 milhões de anos.

  • Andar:a menor unidade cronoestratigráfica, que abrange milhões ou centenas de milhares de anos. Por exemplo, o Andar Ashgill é uma subdivisão da Série Ordoviciano Superior e abrange cerca de 4,5 milhões de anos.

As unidades cronoestratigráficas são baseadas em diferentes tipos de evidências geológicas, incluindo:

  • Fósseis: os restos ou vestígios de organismos antigos podem ser usados para determinar a idade das rochas em que são encontrados.
  • Isótopos radioativos: a taxa de decaimento de isótopos radioativos pode ser usada para determinar a idade das rochas.
  • Camadas de rochas: a ordem em que as camadas de rochas são depositadas pode ser usada para determinar a ordem em que os eventos geológicos ocorreram.

As unidades cronoestratigráficas são importantes para os geólogos porque fornecem uma estrutura para entender a história da Terra. Elas podem ser usadas para mapear a distribuição de diferentes tipos de rochas e fósseis, e para reconstruir eventos geológicos passados.

Aqui está uma tabela que resume as unidades cronoestratigráficas:

UnidadeDescriçãoExemplo
EonótemoA maior unidade cronoestratigráfica, que abrange milhões ou bilhões de anos.Fanerozoico
EratematoUma subdivisão do eonótemo, que abrange centenas de milhões de anos.Paleozóico
SistemaUma subdivisão do eratemato, que abrange dezenas de milhões de anos.Ordoviciano
SérieUma subdivisão do sistema, que abrange milhões de anos.Ordoviciano Superior
AndarA menor unidade cronoestratigráfica, que abrange milhões ou centenas de milhares de anos.Ashgill


A história da Terra, dividida em grandes períodos de tempo chamados éons, se estende por mais de 4,5 bilhões de anos.

No total, a geologia reconhece quatro éons principais:

  1. Hadeano (4,567 - 4 bilhões de anos atrás):O início da formação da Terra, marcado por um ambiente caótico, intenso bombardeio por meteoritos e atividade vulcânica extrema.
  2. Arqueano (4 - 2,5 bilhões de anos atrás):Surgimento das primeiras crostas terrestres, formação dos continentes primitivos e dos primeiros oceanos. O surgimento da vida microscópica, como bactérias e arqueobactérias, também marca essa era.
  3. Proterozoico (2,5 bilhões - 541 milhões de anos atrás):Diversificação da vida microscópica, com o aparecimento de algas e cianobactérias. Oxigenação gradual da atmosfera terrestre e formação dos primeiros organismos multicelulares.
  4. Fanerozoico (541 milhões de anos atrás - presente): A "Era da Vida Visível", marcada pela explosão da vida multicelular, incluindo plantas, animais e seres humanos. Esse éon é subdividido em três eras:
    • Paleozoica (541 - 252 milhões de anos atrás): Era dos invertebrados, peixes, anfíbios e primeiros répteis.
    • Mesozoica (252 - 66 milhões de anos atrás): Era dos dinossauros, pterossauros e primeiras aves.
    • Cenozoica (66 milhões de anos atrás - presente):Era dos mamíferos, aves e seres humanos.

Cada éon se caracteriza por eventos geológicos e biológicos distintos que moldaram a história do nosso planeta.

Lembre-se:

  • Essa divisão em éons é uma construção humana para facilitar a compreensão da história geológica da Terra.
  • Os limites entre os éons não são precisos e podem sofrer revisões com o avanço das pesquisas.
  • A Terra está em constante mudança, e a história geológica continua a ser escrita.

Para se aprofundar no assunto:



As eras geológicas são intervalos de tempo na história da Terra que se caracterizam por grandes transformações geológicas e biológicas.

Elas são divididas em três eras principais:

  1. Era Paleozoica (541 milhões - 252 milhões de anos atrás):
    • Apelidada de "Era da Vida Antiga", foi marcada pela explosão da vida multicelular nos oceanos, com o surgimento de invertebrados, peixes, anfíbios e os primeiros répteis.
    • Eventos geológicos importantes: formação dos continentes primitivos, formação das cordilheiras Apalaches e Hercínicas, e a glaciação de grande parte do planeta.
    • Fósseis característicos:trilobites, braquiópodes, crinoides, peixes ósseos, anfíbios e répteis primitivos.
  2. Era Mesozoica (252 milhões - 66 milhões de anos atrás):
    • Conhecida como "Era dos Dinossauros", essa era foi dominada por esses répteis gigantes, que habitaram diversos ambientes da Terra. Também presenciou o surgimento das primeiras aves e mamíferos.
    • Eventos geológicos importantes: fragmentação dos continentes Pangea, formação das cordilheiras Alpes e Himalaia, e a abertura do Oceano Atlântico.
    • Fósseis característicos:dinossauros (carnívoros e herbívoros), pterossauros, aves primitivas, peixes ósseos e mamíferos primitivos.
  3. Era Cenozoica (66 milhões de anos atrás - presente):
    • Chamada de "Era dos Mamíferos", essa era é marcada pela diversificação e ascensão dos mamíferos, que ocuparam os nichos ecológicos deixados pelos dinossauros extintos. O surgimento dos primatas, incluindo os seres humanos, também se destaca nesse período.
    • Eventos geológicos importantes: formação das cordilheiras Rochosas e dos Andes, elevação do Himalaia, formação do istmo do Panamá e diversas eras glaciais.
    • Fósseis característicos:mamíferos (em grande diversidade, incluindo primatas e seres humanos), aves modernas, peixes ósseos, insetos e plantas com flores.

Cada era geológica é subdividida em períodos, que representam intervalos de tempo menores com características mais específicas.

As eras geológicas são importantes para compreender a história da vida na Terra e as mudanças que o planeta sofreu ao longo de milhões de anos.

Alguns recursos para aprender mais sobre as eras geológicas:



 





Postar um comentário

0 Comentários

Postagem em destaque

Shalom alechem