*ūü¶Ö AMAZONAS* *PRONUNCIAMENTO*

*ūü¶Ö AMAZONAS*

*PRONUNCIAMENTO*

ūüĎĀ️‍ūüó®️ *Policial ordenou que mulher apontasse arma para advogado baleado em Manaus*.

Vítima relatou à imprensa que o policial ordenou que a esposa apontasse a arma para ele durante a confusão.

*ūĚďĒūĚď∑ūĚď¨. jŗł•–ł—ć ๏‚ĄďŗĻÄ√—ćŗĻÄ—Źŗł•*
Em Tempo 
 
O advogado Ygor de Menezes Colares, de 35 anos, que foi baleado enquanto tentava proteger a babá de seu filho de uma briga com os vizinhos, o investigador Raimundo Nonato Machado e a mulher dele, Jussana Machado, relatou à imprensa que o policial ordenou que a esposa apontasse a arma para ele durante a confusão.

“Ele falou para ela, segura aqui a minha arma e aponta para ele. Ela s√≥ apontou a arma e quando eu olhei, ele j√° estava esperando o tiro e foi efetuado tiro”, disse o advogado, que por medo decidiu sair do condom√≠nio junto com a fam√≠lia.

“Me sinto totalmente numa situa√ß√£o de impot√™ncia, uma situa√ß√£o de tristeza, de medo e n√£o consigo ir para l√°, vou pedir ajuda de algumas pessoas para retirar minhas coisas, mas eu n√£o consigo voltar pra l√°”, contou.

O advogado ainda explicou que a babá está com hematomas no rosto e prefere não dar entrevistas. Apesar do trauma, a vítima espera providências das autoridades.

“Apesar de tudo isso eu estou aqui vivo, mas com muito abalado, ainda estou em choque com tudo isso que aconteceu, mas eu espero que seja feita justi√ßa, nada al√©m disso”, declarou. 

Pris√Ķes
O investigador Raimundo Nonato Machado e a mulher dele, Jussana Machado, est√£o presos. A defesa deles informou que vai tentar reverter a pris√£o de Jussana, por ela n√£o ter ficha criminal.

Raimundo Nonato teve a pris√£o determinada pelo juiz plantonista Alcides Carvalho Vieira Filho, ap√≥s o pedido do Minist√©rio P√ļblico do Amazonas (MP/AM).

O juiz afirmou que a representação possuía fortes indícios de autoria do policial. Após a decisão, Raimundo se apresentou na Delegacia Geral, passou por exames de corpo de delito e seguiu para carceragem, onde ficará à disposição da Justiça.

Jussana Menezes foi presa no sábado (19), durante audiência de custódia por atirar no advogado. A arma que a mulher usou foi fornecida por Raimundo Nonato.

De acordo com a ju√≠za Eulinete Tribuzy, a pris√£o em flagrante de Jussana foi convertida para pris√£o preventiva. Ela considera que a soltura da mulher atenta contra a ordem p√ļblica e p√Ķe em risco a aplica√ß√£o da lei penal.

Cancelamento de homenagem
Em nota, a C√Ęmara Municipal de Manaus (CMM) informou que, a pedido do vereador Allan Campelo (Podemos), propositor da entrega da Medalha de Ouro Alfredo Barbosa Filho, concedida em 2021 ao mestre de jiu-j√≠tsu e investigador da Pol√≠cia Civil Raimundo Nonato Machado, envolvido em atos de viol√™ncia na noite da √ļltima sexta-feira (18), ir√° iniciar processo para o cancelamento e devolu√ß√£o da honraria.

A Casa Legislativa e os parlamentares que integram a 18ª Legislatura não compactuam com comportamentos desta natureza e repudiam todo e qualquer ato de violência.
 
https://instagram.com/aguianewsnoticias?utm_source=qr&igshid=MzNlNGNkZWQ4Mg%3D%3D

Postar um coment√°rio

0 Coment√°rios

Postagem em destaque

FORÇA BRUTA NA MARVEL