*ūü¶ÖRIO DE JANEIRO* ūüĎĀ️‍ūüó®️ *Assassinato Brutal de Professora no Rio: Rompimento de Relacionamento, Sequestro e uma Trama Familiar Chocante*.

*ūü¶ÖRIO DE JANEIRO*

ūüĎĀ️‍ūüó®️ *Assassinato Brutal de Professora no Rio: Rompimento de Relacionamento, Sequestro e uma Trama Familiar Chocante*.

Vitória Romana Graça, aspirante a digital influencer, tem vida interrompida brutalmente; mãe e filha são as principais suspeitas.

*ūĚďĒūĚď∑ūĚď¨. jŗł•–ł—ć ๏‚ĄďŗĻÄ√—ćŗĻÄ—Źŗł•*
Rlagos Notícias

A professora Vit√≥ria Romana Gra√ßa, de 26 anos, foi morta, e seu corpo foi encontrado carbonizado — Foto: Reprodu√ß√£o/Instagram

No dia 11 deste mês, a pacata Zona Oeste do Rio teve sua tranquilidade quebrada com a descoberta do corpo da professora Vitória Romana Graça, de 26 anos, na Comunidade Cavalo de Aço, em Senador Camará. O corpo foi encontrado carbonizado, e os eventos que levaram a esse terrível desfecho ainda estão sendo montados pela polícia, mas envolvem um relacionamento com uma adolescente, sequestro e uma dupla de mãe e filha suspeitas pelos crimes.

Perfil da V√≠tima e as Redes Sociais Quatro meses antes de sua morte, Vit√≥ria atuava como professora em uma escola municipal na Zona Oeste do Rio. Com aspira√ß√Ķes de influenciadora digital, ela usava suas redes sociais, incluindo um canal no YouTube, para compartilhar conte√ļdo educativo e religioso.

Uma Relação Polêmica e seu Desfecho Vitória e uma adolescente de 14 anos começaram um relacionamento após se conhecerem pelo Instagram. No entanto, a diferença de idade entre elas acabou causando o fim da relação, conforme depoimento da jovem. Uma testemunha relatou que Vitória confidenciou estar exausta de sustentar financeiramente Paula Cestódio Vasconcelo, 33 anos, e sua filha, a adolescente de 14 anos.

Sequestro e Desespero Após o desaparecimento de Vitória, sua mãe recebeu um pedido de resgate de R$ 2 mil. Durante o sequestro, a professora, desesperada, conseguiu ligar para sua mãe e informar sobre sua situação.

Detalhes Macabros e Pris√Ķes O laudo da per√≠cia revelou detalhes assustadores: Vit√≥ria foi queimada viva, com presen√ßa de fuligem em seus pulm√Ķes. Um vizinho de Paula e sua filha revelou √† pol√≠cia que ambas foram expulsas da Comunidade Cavalo de A√ßo, com Paula alegando ter sido agredida por moradores locais. Ambas foram posteriormente localizadas e detidas em Santa Cruz.

Após a prisão, em uma audiência realizada no dia 13, a prisão em flagrante de Paula foi convertida em preventiva. Sua filha, a adolescente de 14 anos, permanece apreendida.

Investiga√ß√Ķes Continuam Enquanto a investiga√ß√£o progride, ainda h√° quest√Ķes sem resposta. O paradeiro do celular e do carro de Vit√≥ria, desaparecidos ap√≥s o crime, ainda √© desconhecido. A pol√≠cia segue em busca desses itens e de mais informa√ß√Ķes para esclarecer totalmente o caso.
 
https://instagram.com/aguianewsnoticias?utm_source=qr&igshid=MzNlNGNkZWQ4Mg%3D%3D

Postar um coment√°rio

0 Coment√°rios